14 maio 2013


2 comentários:


  1. Com tanta ternura explícita, perde-se o medo de voar...

    Abraços, Ivan!

    Cirse

    ResponderExcluir

Comentários são bem legais!!!